Apresentação do Blog

O blog “Tabula (Não) Rasa & Libertarianismo Bleeding Heart” foi criado com o objetivo de discutir principalmente dois assuntos, relacionados com as duas expressões encontradas em seu título.

“Tabula Rasa” é uma expressão em latim que significa “tábua vazia” e está relacionada ao modo de escrita dos antigos romanos, que faziam isso em “tábuas”. Uma “tábua vazia” seria como uma “folha de papel onde nada foi escrito ainda”.  Na filosofia, a expressão foi usada por Locke para falar da mente humana como desprovida de idéias inatas (PINKER, p. 23).

O uso dessa expressão modificada no título do blog teve por inspiração o livro “Tábula Rasa” (The Blank Slate), de Steven Pinker. Pinker critica uma teoria acerca da natureza humana, que ele denomina de “tábula rasa”: “a idéia de que a mente humana não possui estrutura inerente e de que a sociedade, ou nós mesmos, podemos escrever nela à vontade” (PINKER, p. 21), de modo que uma natureza humana (inata) praticamente inexistiria.

Esse blog toma uma postura de defender a “Tabula (não) Rasa”, concordando assim com Pinker, no sentido de que existe uma natureza humana inata complexa e que explicações naturalistas são adequadas para a mente humana. Pinker aponta várias pontes entre biologia e cultura: ciência cognitiva, neurociência, genética comportamental, psicologia evolucionária. E não se pode esqueçer que o darwinismo forneçe um arcabouço conceitual no qual a origem da fisiologia e psicologia humanas se tornam inteligíveis de um ponto de vista naturalista científico: Robert Foley chega a dizer que “As origens da humanidade e, em última análise, a natureza humana, não são questões filosóficas, mas técnicas” (FOLEY, p. 37)

Já a segunda expressão, “Libertarianismo Bleeding Heart”, é uma corrente sociopolítica no pensamento libertário, que este blog defende e pretende discutir. “Libertarians Bleeding Heart” significaria, em português, algo como “Libertários de Coração Ferido” e é o título de um blog estadunidense (http://bleedingheartlibertarians.com/) que reúne alguns filósofos e pensadores defensores de diferentes variantes dessa corrente. O subtítulo do blog é “Free Markets and Social Justice”, o que resume a proposta desses libertários: consistência entre liberdades econômicas abrangentes e preocupações de bem-estar social.

No “About Us” daquele blog (http://bleedingheartlibertarians.com/about-us/), explica-se que a tradição libertária tem uma série de temáticas relacionadas ao comprometimento tanto com liberdade individual quanto com uma preocupação consistente para com os marginalizados. O objetivo seria renovar e trabalhar essa tradição, para demonstrar que os libertários contemporâneos podem, para além da reivindicação tradicional da liberdade individual, oferecer respostas efetivas, poderosas e inovadoras aos problemas da vulnerabilidade econômica e injustiça e para suas consequências sociais, políticas e culturais.

Aqui, também se chamará atenção ao fato de que outras correntes sociopolíticas podem apresentar uma saudável alternativa política, de forma semelhante aos libertários bleeding heart, por também objetivarem a firme defesa tanto dos livres mercados como da justiça social e uma lógica subjacente para definir a consistência entre ambos, tais como o “individualismo estatista” definido por Lars Trägårdh e Henrik Berggren em “Är svensken människa?” (em inglês: Is the Swede Human?), o manifesto do “Piratenpartei” (Partido Pirata) alemão, o “True Progressivism” (verdadeiro progressismo) que intitulou uma matéria recente do “The Economist” e que saiu em defesa de “políticas centristas radicais”…. Por isso mesmo, políticas interessantes adotadas em outros países e comparações internacionais serão apresentadas e, se for o caso, comentadas.

Apesar de serem estes os assuntos principais do blog, qualquer outro assunto relativo à “curiosidade intelectual” poderá vir a ser objeto de uma postagem. Boa leitura!

Referências:

PINKER, Steven.Tábula Rasa: a negação contemporânea da natureza humana. Tradução: Laura Teixeira Motta. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

FOLEY, Robert. Os Humanos Antes da Humanidade: uma perspectiva evolucionista. Tradução: Patrícia Zimbres. São Paulo: Editora UNESP, 2003.

Is the Swede Human? Radical Individualism in the Land of Social Solidarity. A Lecture by Henrik Berggren and Lars Trägårdh —> http://darkwing.uoregon.edu/~scan/berggren.pdf

Bleeding Heart Libertarians —> http://bleedingheartlibertarians.com/

True Progressivism: A new form of radical centrist politics is needed to tackle inequality without hurting economic growth —> http://www.economist.com/node/21564556

Manifesto of the Pirate Party of Germany: English Version —> http://wiki.piratenpartei.de/Parteiprogramm/en

About these ads

7 respostas em “Apresentação do Blog

  1. Valdenor, parabéns pela iniciativa! Fico muito contente que tenha levado em conta a minha sugestão e transitado para uma plataforma de informação e debate capaz de atingir um número bem maior de leitores. Não esqueça de investir bastante em divulgação, principalmente nos nichos que reúnem muitos potenciais leitores simpáticos às suas ideias. O fato de vermos que as postagens são visualizadas e comentadas é sempre um bom estímulo para continuar escrevendo. Outra coisa: Crie muitas postagens de explicação introdutório, porque assim você pode atrair pessoas que tenham menos leitura que você sobre o assunto e ir educando o seu público leitor para futuras discussões mais aprofundadas. Um abraço!

  2. A ideia de criação do blog foi muito boa, sem sombra de dúvida. Ter um blog é sinônimo de se ter mais um momento para a reflexão e debate afora aqueles já cotidianos, portanto, muito endossável! Sucesso nessa empreitada nova e nunca caleje nos momentos em que é natural perder o ânimo para as postagens: dê a pausa, mas volto logo que possível.
    O “Tábua (não) Rasa…” já está sendo recomendado no rol dos favoritos do “Discurso Racional (?)” [www.discursoracional.blogspot.com.br].
    Forte abraço, meu amigo, e logo logo estarei me concentrando e comentando nos posts. Fuerza!

  3. Pingback: Liberty Links | Bleeding Heart Libertarians

  4. Pingback: Temas tratados no 1º ano do blog | Tabula (não) Rasa & Libertarianismo Bleeding Heart

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s