Sobre os Pontos de Vista Defendidos Neste Blog e os Temas Principais Dele

O blog “Tabula (Não) Rasa & Libertarianismo Bleeding Heart” foi criado com o objetivo de discutir principalmente dois assuntos, relacionados com as duas expressões encontradas em seu título: uma compreensão científica e naturalista da natureza humana (que é uma tabula não rasa, ao contrário do que muitos pensam) e o libertarianismo bleeding heart (de coração-ferido).

Quanto ao primeiro assunto, o objetivo declarado é de disponibilizar, expor, e, às vezes, comentar material acerca do naturalismo científico, do darwinismo, e das várias ciências que lidam com a natureza humana de um ponto de vista naturalista, bem como sobre a defesa de que, sim, existe uma natureza humana inata, a genética importa (em alguma medida) para explicar as diferenças psicológicas e comportamentais entre as pessoas e a mente humana é um órgão de processamento de informação, composto por vários mecanismos psicológicos, de domínio específico e (algum) conteúdo inato, em interação complexa entre si e com o meio ambiente (inclui as relações sociais) do indivíduo.

A ciência, e o naturalismo científico que a subjaz, enfrentam ataques de diversos lados, alguns religiosos, outros ideológicos e políticos. Quanto mais a ciência avança na explicação da natureza humana, toca em “vespeiros”, pontos polêmicos, inclusive em confronto, muitas vezes, com o chamado “politicamente correto”. Este blog se posiciona contra os tabus de que certas áreas da existência não podem receber (ao menos tentativas de) explicação científico-naturalista. Entretanto, claro que haverá oportunidade de levantar as principais críticas, limites e fraquezas do raciocínio científico aplicado ao estudo da humanidade, bem como sobre as limitações da razão humana e se há ou não uma resposta satisfatória para tudo ao nosso alcance.

Quanto ao segundo assunto, o objetivo é de disponibilizar, expor, e, às vezes, comentar material sobre libertarianismo bleeding heart, que é uma tentativa de reelaborar a fundamentação teórico-política do libertarianismo e mesmo rever instituições libertárias, a partir de uma defesa da compatibilidade entre livres mercados e liberdades econômicas abrangentes, de um lado, e justiça social e políticas de bem-estar social, de outro.

Este blog não tem nenhuma ligação oficial com o blog estadunidense “Bleeding Heart Libertarians” (http://bleedingheartlibertarians.com/), ainda que muitos textos a serem discutidos aqui serão oriundos dele. Trata-se, portanto, de uma iniciativa voluntária minha para (contribuir em) trazer essa discussão do “libertarianismo bleeding heart” para o Brasil e em língua portuguesa. Falo assim, porque essa discussão ainda é incipiente por aqui, a julgar pelo fato de que, quando criei este blog, apenas achei duas referências virtuais para esse tipo de libertarianismo na pesquisa Google (vide aqui: http://www.ordemlivre.org/2012/04/uma-outra-historia-do-libertarianismo/ e aqui: http://www.ordemlivre.org/2012/01/o-problema-dos-rotulos/), apesar de que, nesse mesmo site do “ordem livre”, há outros textos que comentam artigos do blog norte-americano (basta pesquisar na busca do próprio site!).

De qualquer maneira, não existe um movimento organizado, nem um espaço virtual direcionado para o libertarianismo bleeding heart em língua portuguesa e, este blog, sem ter o objetivo de tornar tal o assunto exclusivo, pretende oferecer um espaço virtual direcionado. De fato, é uma forma de libertarianismo a ser mais conhecida e divulgada, e que pode renovar a compreensão e tratamento dos problemas políticos e socioeconômicos enfrentados no Brasil.

Mas também haverá materiais sobre outros pontos de vista libertários e a oportunidade de discutir os pontos fracos e críticas da tradição libertária, inclusive oriundas das ciências, bem como movimentos ou tendências políticas que sejam semelhantes ao libertarianismo bleeding heart em associar mercado e bem-estar social, como o individualismo estatista sueco (Lars Trägårdh e Henrik Berggren), o “true progressivism” em matéria do “The Economist”, entre outros. Ademais, assuntos correlacionados, como políticas interessantes de outros países, direitos humanos, progressismo, feminismo, Direito Internacional Público, modelos de bem-estar social, conservadorismo político, etc., também serão abordados.

Assim, espero poder contribuir para as discussões desses temas tão importantes para uma correta compreensão do lugar do homem no universo e da relação entre liberdades econômicas e justiça social.

2 respostas em “Sobre os Pontos de Vista Defendidos Neste Blog e os Temas Principais Dele

  1. Pingback: Justiça social, no estilo de livre mercado | Mercado Popular

  2. Pingback: Temas tratados no 1º ano do blog | Tabula (não) Rasa & Libertarianismo Bleeding Heart

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s