Salve um chimpanzé, empodere uma criança: Projeto Chimpanzé & Comunidade de Bulindi

Muitas iniciativas de conservação de espécies ameaçadas de extinção ou da biodiversidade são de financiamento voluntário e de execução pelas partes mais interessadas, como cientistas, pesquisadores e conservacionistas.

Com o avanço das tecnologias de transparência, prestação de contas e supervisão da filantropia e da caridade principalmente para organizações sediadas nos Estados Unidos, a confiança de que sua contribuição chegará ao seu destino pode ficar garantida.

Entre essas iniciativas, uma que me chamou muita atenção (e para a qual você ainda pode contribuir!) é o The Bulindi Chimpanzee & Community Project, em português, Projeto Chimpanzé & Comunidade de Bulindi. (Pode contribuir com sua doação AQUI)

save a chimp empower a child

O objetivo deste projeto de conservação é angariar fundos para preservar a floresta em que vivem os chimpanzés de Bulindi, por intermédio da criação de incentivos para que as famílias da comunidade local não a desmatem.

[CONTRIBUA COM SUA DOAÇÃO AQUI]

Vários interesses estão em jogo aqui: as famílias precisam de dinheiro para pagar mensalidades escolares e de madeira para construção e cozinha, e as crianças precisam ir para essas escolas; os chimpanzés precisam da floresta e os pesquisadores desejam conservar estes chimpanzés, inclusive para continuar sua pesquisa em torno da adaptação de chimpanzés ao constante convívio humano, que poderá expandir nosso entendimento de como conservar esses grandes primatas em face da expansão demográfica humana na África.

O projeto visa compatibilizar estes incentivos, ao oferecer as mensalidades escolares para as crianças e plantar uma fonte alternativa de madeira para a comunidade, o que beneficiará as famílias que voluntariamente participarem, e, em contrapartida, essas comprometem-se a preservar o habitat dos chimpanzés.

[CONTRIBUA COM SUA DOAÇÃO AQUI]

Isso vai de encontro justamente ao que eu havia defendido no texto “Por que você não pode ser consciente e não pode renunciar ao xadrez feito de marfim de elefantes?”, onde apresentei a posição de David Schmidtz sobre a resolução de conflito ambiental quando há diferença em prioridades: se o custo das pessoas em abster-se de caçar uma espécie de animal for não alimentar seus filhos ou outros custos grandes similares, aqueles que desejam conservar referida espécie (e sofrem poucos custos por isso) não devem impor de cima para baixo sua visão de como fazê-lo àqueles que sofrem os maiores custos, mas promover iniciativas de baixo para cima nesse sentido, por intermédio de negociações em que todas as partes envolvidas possam sair ganhando, adquirindo assim as condições para conservação da espécie.

Tendo em vista a importância do projeto para ajudar chimpanzés e crianças nesta comunidade africana, resolvi traduzir a chamada da campanha na plataforma Indiegogo e espero que o leitor considere fazer uma contribuição. Aqueles chimpanzés e crianças agradecem!

*************

Salve um chimpanzé, empodere uma criança!

Olá e seja bem-vindo à página da campanha Projeto Chimpanzé & Comunidade de Bulindi!

 [CONTRIBUA COM SUA DOAÇÃO AQUI] 

save a chimp empower a child

Nós precisamos de sua ajuda para salvaguardar a sobrevivência de um grupo de chimpanzés selvagens desesperados sob ameaça imediata. Por apoiar esta campanha de conservação crítica, você estará também ajudando a construir um futuro mais brilhante para crianças que vivem nas proximidades desses grandes primatas em perigo – e em cujas mãos o futuro dos chimpanzés e de seu lar – a floresta – definitivamente reside.

20141026055314-Presentation1
A campanha em síntese:

1) A floresta-lar dos chimpanzés de Bulindi está em perigo iminente de ser desmatada inteiramente.

2) O Projeto Chimpanzé & Comunidade de Bulindi tem como objetivo salvar a floresta e promover uma coexistência sustentável entre pessoas e a comunidade local.

3) Com seu apoio, essa nova e excitante iniciativa de conservação enriquecerá as vidas tanto de chimpanzés como de humanos!

O PROBLEMA

As populações de chimpanzés na África estão declinando. Na medida em que as populações humanas crescem rapidamente, chimpanzés vão sendo esprimidos dentro de florestas encolhidas cercadas por pessoas. Os chimpanzés de Bulindi em Uganda são um desses grupos de grandes primatas em perigo tentando sobreviver sob condições desesperadoras.

Esse grupo com 20 deles são o foco de um estudo de longo prazo sobre como chimpanzés selvagens ajustam-se vivendo ao redor de pessoas. Os achados dessa pesquisa ajudam-nos a planejar estratégias de conservação de populações de grandes primatas sob pressão humana. Mas agora sua sobrevivência está sob imediata ameaça. Fazendeiros locais estão na pobreza e desmatam a floresta para plantar culturas agrícolas ou vender madeira. Na década passada, os chimpanzés de Bulindi perderam mais que 80% de sua floresta. Sem intervenção urgente, a floresta remanescente no final também será perdida. Se nós deixarmos isso acontecer, esse precioso grupo de grandes primatas não sobreviverá. Seu futuro está em nossas mãos.

20141026041003-IMG_1892_-_OL_and_infant__1280x960_

 A SOLUÇÃO

O Projeto Chimpanzé & Comunidade de Bulindi (patrocinado pelos Amigos de CSWCT, uma organização sem fins lucrativas sediada nos Estados Unidos) oferece uma solução para esse problema de conservação urgente. As boas notícias é que os moradores do vilarejo querem conservar as florestas remanescentes! Eles sabem os muitos serviços ambientais que as florestas fornecem, mas dão duas principais razões para desmatá-las. Primeiro, eles precisam de madeira para construção e cozinha. Segundo, eles precisam de dinheiro para as mensalidades das escolas pelas quais seus filhos conseguem uma boa educação. Infelizmente, a melhor maneira para eles levantarem fundos é vender a madeira das árvores e limpar a floresta para cultivar culturas como tabaco.

 Esse projeto-piloto com duração de 1 ano usa uma abordagem em duas margens para fazer face a esse problema de conservação de frente:

Primeiro, provê o valor das mensalidades escolares para crianças de famílias com floresta remanescente em sua terra, ajudando-as a lidar com um de seus principais gastos financeiros. Ao investir na educação das crianças do local, esse projeto objetiva empoderar a próxima geração de gestores florestais, o que beneficiará tanto pessoas como chimpanzés.

20141026041258-RONAN_Bulindi__Uganda_20130428_313__1280x853_

Segundo, plantaremos mudas de árvores para bosques de modo a ir de encontro à demanda futura por madeira das famílias, ajudando-as a retirar a pressão sobre a floresta natural. Nós também plantaremos mudas de alimentos de rápido crescimento que chimpanzés gostam de comer, tal como figos, para restaurar e enriquecer a floresta natural.

Participação no projeto é voluntária. Mas, para participar, famílias devem concordar em conservar a floresta remanescente tão crítica para a sobrevivência dos chimpanzés. Eles trabalharão conosco para enriquecer a floresta local ao plantar árvores que fornecem alimento para chimpanzés, ajudando a reabastecer seu estoque de comida silvestre.

Por reduzir o conflito entre moradores da vila e chimpanzés e restaurar harmonia entre eles, as perspectivas de sobrevivência para os chimpanzés de Bulindi serão fortalecidas imensuravelmente.

Nós estamos confiantes que esse projeto inovador terá um impacto positivo, estabelecendo uma infra-estrutura de conservação que capacitará os chimpanzés de Bulindi a sobreviver no entorno de seus vizinhos humanos. Cada aspecto desse projeto piloto será cuidadosamente documentado e avaliado. Ao nos assegurarmos de seu sucesso, podemos estender a abordagem para áreas vizinhas para conservar outros grupos de chimpanzés também em necessidade urgente de ajuda.

Mas nós precisamos de sua ajuda e apoio para fazer isso acontecer!

QUE DIFERENÇA SUA DOAÇÃO FAZ?

Sua doação fará uma enorme diferença!

Nosso objetivo é levantar $30.000. Os fundos levantados pagarão pelo seguinte:

1) Viveiros de muda e procedimento de melhoramento da flora [enrichment planting] (300.000+ mudas).

2) Valor anual das mensalidades escolares para 25 crianças.

3) Salários locais para dois ugandenses na função de pessoal de campo, Tom e Moses (veja “Sobre nós” abaixo)

4) Uma motocicleta para transportar mudas e materiais de viveiro; além de transporte geral em torno do sítio do projeto.

5) Artigos de papelaria (stationery) para o pessoal de campo coletar dados e manter os registros do projeto.

Os fundos serão distribuídos como segue:

20141026043258-Budget_pie

As despesas do projeto serão mantidas no mínimo necessário para assegurar sua implementação bem-sucedida. À parte dos salários dos dois dedicados pessoal de campo ugandenses, nosso envolvimento nesse projeto é inteiramente voluntário. Isso significa que cada dólar que você doar está garantido que fará uma diferença real. Além disso, essa campanha está sendo patrocinada por Amigos de CSWCT, uma organização sem fins lucrativos sediada nos Estados Unidos, que assegura que todas as doações sejam dedutíveis do imposto de renda.

Para dar uma ideia do que sua doação poderá pagar:

1) $10 comprará spades para o viveiro das árvores;

2) $50 pagará por 1 kg de mudas de árvore nativas para o procedimento de melhoramento da flora [enrichment planting]  da floresta;

3) $250 cobrirá o salário de um mês para o pessoal de campo local;

4) $500 cobrirá a taxa escolar anual de uma criança, mais 5 kg de mudas de árvores frutíferas para os chimpanzés!

O QUE VOCÊ OBTERÁ AJUDANDO?

Nós estamos oferecendo algumas presentes de agradecimento fantásticos em retorno ao seu apoio, incluindo camisas e bolsas estampadas com o logo do projeto, e fotografias deslumbrantes dos maravilhosos chimpanzés de Bulindi.

20141026043428-Chimp__2_

Melhor ainda, há cópias disponíveis para o novo livro de Nancy Merrick Among Chimpanzees: Field Notes from the Race to Save Our Endagered Relatives, incluindo uma “obrigado” personalizado da autora!

20141027071625-18525826

E há mesmo a oportunidade exclusiva para você dar um nome para um dos quatro novos infantes no grupo de estudo de chimpanzés selvagens!

20141027073453-Leila_s_infant_Text_1

OUTRAS MANEIRAS EM QUE VOCÊ PODE AJUDAR

Grandes objetivos exigem um grande comprometimento. Nós estaremos enormemente gratos por qualquer apoio que você possa oferecer. Nosso alvo de $30.000 é um pouco mais alto que o objetivo de muitas campanhas de conservação na plataforma Indiegogo, então nós realmente precisamos de seu apoio!

Espalhe a palavra! Tanto quanto oferecer uma doação, você também pode ajudar espalhando a informação sobre essa campanha pelo facebook e pelo twitter (Você pode usar as ferramentas de compartilhamento da plataforma Indiegogo!).

Ajude a nos conectarmos. Conhece um financiador ou organização que deva estar interessado em doar para essa campanha ou espalhar a palavra? Por favor, deixe-nos saber!

Muito obrigado por considerar essa campanha de conservação urgente!

20141027074338-IMG_2492__1280x960__text

Com sua ajuda, nós realmente podemos fazer uma diferença.

[CONTRIBUA COM SUA DOAÇÃO AQUI] 

 SOBRE NÓS

Nós somos uma equipe de dedicados pesquisadores de chimpanzés e defensores da conservação.

Dr. Matt McLennan (Oxford Brookes University, Reino Unido) começou a estudar os chimpanzés de Bulindi em 2006, e tem sido devotado a eles e sua conservação desde então. Como o diretor do Projeto, Matt é responsável por supervisionar o pessoal, gerenciar os fundos e assegurar o regular andamento do projeto.

Tom Sabiiti tem trabalhado junto com Matt desde o início. Ele monitora os chimpanzés diariamente e conhece sobre cada indivíduo melhor que qualquer outra pessoa. Nascido em Bulindi, Tom é um membro bem conhecido e popular da comunidade local; seu papel central nesse projeto assegurará confiança e transparência entre o pessoal do projeto e as famílias participantes.

Moses Ssemahunge trabalhou com Matt e Tom em Bulindi durante os anos passados do estudo. Ele depois foi ganhar um grau de Mestre em Florestas, mas permaneceu apaixonado sobre a conservação de chimpanzés. Moses tem uma experiência extensiva em gerenciamento de viveiros de árvores e técnicas de reflorestamento.

Moses e Tom são responsáveis pela implementação do projeto no terreno, sob direção de Matt.

Jackie Rohen primeiro encontrou os chimpanzés de Bulindi mais cedo esse ano. Ela viu em primeira mão a necessidade urgente de ação para salvar seu lar na floresta e imediatamente envolveu-se para ajudar a desenvolver esse projeto.

Dr. Nancy Merrick foi uma estudante do Dr Jane Goodall at the Gombe Stream Research Center na Tanzânia. Ela fundou o website www.ChimpSaver.org, e é autora do livro, recomendado pelo New York Times, Among Chimpanzees: Field Notes from the Race to Save Our Endangered Relatives. Ela encontrou os chimpanzés de Bulindi em 2013, como descrito em seu livro.

Maureen McCarthy & Jack Lester (University of Southern California, Estados Unidos; e Max Planck Institute for Evolutionary Anthropology, Alemanha) têm pesquisado as vidas de chimpanzés nas áreas vizinhas de Bulindi. Em seguimento a esse projeto piloto de 1 ano, nosso alvo é estender o projeto para ajudar a salvaguardar as florestas para esses chimpanzés próximos também.

Nancy, Maurren e Jack são assessores desse projeto.

20141026042101-7._Tom_Sabiiti___Matt_McLennan__Photo_by_Jacqueline_Rohen___1280x854_

 Pesquisadores Tom Sabiiti e Matt McLennan que têm seguido as vidas dos chimpanzés de Bulindi desde 2006

 [CONTRIBUA COM SUA DOAÇÃO AQUI] 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s